Publicado em: 10/01/2022

A Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel) estima que em sua área de abrangência, no oeste e sudoeste do Paraná, a quebra por causa da estiagem prolongada ficará entre 50% e 55% nas lavouras de milho e soja.

O prejuízo aos produtores rurais na cultura da soja chegará a R$ 2,4 bilhões e no milho deverá superar R$ 175 milhões.

Conforme a cooperativa, a expectativa era colher, em média, 65 sacas por hectare de soja e 180 sacas por hectare de milho.

No entanto, os primeiros resultados na soja, com 2% colhidos na área de abrangência da Coopavel, são de 15 a 30 sacas por hectare. Já no milho, com 1% colhido até o momento, a previsão é de apenas 85 sacas por hectare.

As chuvas de novembro e dezembro foram abaixo da média histórica em todos os 23 municípios nos quais a Coopavel atua.


Fonte: Estadão Conteúdo            Foto: Divulgação

Paraná: Coopavel estima quebra de 50% a 55% nas lavouras de milho e soja